8 de janeiro de 2015

França/Europa - para onde vão?!?

O assunto é o do momento!
Sucedeu em Paris!
Espectável! Sim... espectável!
Aprendi desde muito jovem que não se deve brincar com coisas sérias, e os extremismos, sejam eles de que origem for, são assunto sério!
Alguém dos Repórteres sem Fronteira dizia ontem, "... o pesadelo tornou-se realidade!..."
Quando os cartoonistas "brincaram" com o Profeta sabiam o risco que corriam. Os desenhos "incendiaram" o mundo muçulmano, e as ameaças foram muito sérias na altura.
Contudo, o ataque de ontem ao Charlie é muito mais do isso, e tem causas que vão muito além de uns desenhos considerados ofensivos para os muçulmanos.
Tenho visto inúmeros argumentos acerca do que este ataque representa em termos de ataque à liberdade de expressão, à liberdade de imprensa, entre outros. Agora deixo aqui um ponto de vista, eu tenho o direito de ouvir música alta em minha casa, certo? Posso ouvir a música a altos decibéis à uma hora da manhã? Não! O meu direito de ouvir música alta não pode colidir com o direito dos meus vizinhos descansarem à noite! A minha liberdade vai até onde a liberdade do outro começa.
Não quero dizer que o sucedido ontem está justificado pela ofensa ao direito à religião de cada indivíduo. Mas também a sociedade (somos todos) deverá saber até onde pode ir.
O problema da França é o problema de uma Europa sem rumo definido, sem líderes fortes, sem políticas de bem estar social comuns.
A chamada tolerância é demasiado permissiva, produziu pessoas egocêntricas, onde os objetivos de vida são apenas imediatos e tem a haver apenas com bem estar material e dinheiro, muito dinheiro.
Os Europeus e os seus governantes (sem exceção), estão há muitos anos distraídos e, sem se aperceberem, têm o abismo na soleira da porta!...

Sem comentários:

Enviar um comentário